terça-feira, 4 de maio de 2010

No último dia 29/04 foi covardemente assassinada a companheira mexicana Beatriz A. Cariño

Ato de entrega de carta de repúdio ao Cônsul do México - RJ Quarta-feira - 5/05/2010 às 11:30 h
 
 
(Consulado Geral do México no Rio de Janeiro Praia de Botafogo, 242 /3o.andar )
 

No último dia 29/04 foi covardemente assassinada a companheira mexicana Beatriz A. Cariño, ou simplesmente Bety Cariño como era conhecida pelos seus companheiros de militância, integrante das organizações CACTUS-AMAP-REMA-RMALC e também do Jubileu Sul Américas.


Bety, outros militantes mexicanos e observadores internacionais integravam uma caravana de solidariedade ao povo de San Juan Copala no estado mexicano de Oaxaca,  quando foram vítimas de uma emboscada armada por paramilitares. O observador finlandês Yiri Antero Jakala também foi morto.

O povo de San Juan Copala luta pelo estabelecimento de um governo autônomo e desde janeiro vem sofrendo com o isolamento (estão sem abastecimento de serviços públicos básicos) e com a repressão de grupos paramilitares ligados a políticos locais contrariados com o movimento de emancipação política.

O Jubileu Sul Américas entregará uma carta de repúdio ao acontecido ao consulado mexicano, na próxima quarta-feira às 11:30 h  aqui no Rio de Janeiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário